Publicou carta em rede social e foi afastado do MP

rede-social

O plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) instaurou, nesta segunda-feira (17/11), processo administrativo disciplinar, e decidiu afastar de suas funções, por 90 dias, o procurador da República em Joinville (SC) Davy Lincoln Rocha. Além disso, resolveu encaminhar o processo ao procurador-geral da República, que vai analisar o caso sob o aspecto penal, em face da possível ocorrência de crime contra a ordem democrática.

No fim do ano passado, o procurador catarinense postou, em rede social, uma “carta aberta às Forças Armadas brasileiras”, na qual criticava os militares por assistirem, “calados, tímidos, de cabeça baixa, o Brasil dominado por um simulacro de Democracia, onde o único Poder, o PT, suprimiu os demais”. De acordo com o conselheiro Luiz Moreira – que leu a “carta aberta” durante a sessão do CNMP – o procurador sugeriu até uma intervenção militar no Brasil, com a participação dos Estados Unidos, e, assim, “utiliza de suas prerrogativas para manchar o regime democrático e a soberania nacional”.

Luiz Orlando Carneiro

Leia mais AQUI

 

Posted in Sociedade and tagged , , , .

Deixe uma resposta