Brasil dá calote na ONU

Brasil dá calote na ONU Brasil dá calote na ONU e dívida milionária pode resultar em sanções

Mais um calote dos bolivarianos brasileiros

O Brasil deve atualmente US$ 184 milhões — quase R$ 472 milhões — à Organização das Nações Unidas (ONU). Em dívida com a entidade internacional, a diplomacia brasileira pode perder, a partir de 1º de janeiro de 2015, o direito de votar em órgãos como o Tribunal Penal Internacional e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

REVEJA: Depois de ‘alunos fantasmas’, governo dá calote em instituições onde ‘funciona’ o Pronatec

O jornal O Estado de S. Paulo obteve documentos exclusivos da contabilidade da ONU que mostram que até a quarta-feira, 3, o Brasil devia US$ 170 milhões à entidade. Isso sem contar com outra dívida de US$ 14 milhões para a Unesco — o País é o segundo maior devedor da entidade cultural das Nações Unidas.

A dívida chegou a superar a cifra de US$ 200 milhões. Porém, uma semana antes de a presidente Dilma Rousseff discursar diante da Assembleia-Geral da ONU, em setembro, o Ministério do Planejamento fez um depósito de aproximadamente US$ 36 milhões. Em seu discurso, Dilma garantiu seu apoio à reforma da entidade para “a construção de uma ordem internacional alicerçada na promoção da paz, no desenvolvimento sustentável, na redução da pobreza e da desigualdade”.

Fonte – FCS Brasil conexão Camos Gerais

Leia mais aqui

Posted in Economia and tagged , , , , .

Deixe uma resposta