Aos Juristas

 

Aos juristas

Oh, juristas desta órfã Nação: onde estão vós que não se pronunciam? Por que vos acovardais diante de tamanho insulto à inteligência, à dignidade, à honra nacionais?

Onde, onde estão vós? Por que silenciam de forma obsequiosa quando o país agoniza na gravidade de uma hora que se estende por falta de ação e repulsa ao que não deve ser feito? Por que sois cúmplices amáveis, dóceis de tudo que juraram combater?

Juristas, brasileiros, de uma vez por todas, quantos foram os dinheiros, quantos? O Brasil merece saber !

Em respeito às memórias e às presenças de Heráclito Fontoura Sobral Pinto, Afonso Arinos de Melo Franco, Humberto Telles, Evandro Lins e Silva, Evaristo de Morais Filho, Rui Barbosa, Joaquim Barbosa, e tantos e tantos outros vultos de nossa história, que não faltaram ao Brasil, deixai vossas consciências exarar a sentença. Deixai vossas vozes trombetear o rumo ditado pelo império da Lei, pois que vossas palavras têm peso, têm poder de decisão.

Pelo bem do Brasil… deixai vossas consciências exarar a sentença!!!

Humberto de Lima
Posted in Desabafos and tagged , , , , , .

Deixe uma resposta